Os caminhos são outros.

A gente anda pra lá e pra cá, achando que deve fazer isso ou aquilo, achando que no final nossas vidas serão de um jeito determinado. Mas, na verdade, a minha vida eu sinto que não vai ser desse jeito. Que teoricamente é o que se acha de como deve ser a vida comum  das pessoas.

Tem coisas que são simples na vida dos outros, e na minha já foi, tentei, e não é pra mim. E não é por que eu deveria reclamar disso, mas é como se toda vez que eu refuto essas tentativas, e olho pra mim mesma, no fundo eu sei que isso não é pra mim. Não quero que as coisas durem e que eu fique presa ao lado de uma pessoa.

Tem alguns mistérios que me impulsionam pra longe daqui. A coisa não é estar longe simplesmente, mas é como se em mim houvesse algo dizendo pra eu experimentar sublimes sensações visões que só terei em muitos lugares. E eu vou ter que experimentar isso antes que a morte venha.

Tem outros mistério que eu estou aqui querendo saber. Ainda que eu seja cética, às vezes sinto e vejo coisas que me dão um medo mortal. Como se eu fosse entrar por um buraco negro desconhecido, e eu não sou forte o suficiente pra combater isso. Preciso descobrir o que está escondido. E se por um lado eu sendo racional isso não me ajuda muito. As vezes eu acho que teria que encontrar alguém pra me ajudar nessa loucura.

Tenho medo de ficar louca.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s