Coisas da escola.

Tinha um gosto diferente de tuttti-fruti muito doce na boca dela… não é que eu já tivesse provado, mas é que os lábios dela eram tão vermelhinhos grudentos que eu já podia imaginar como seria tudo. Ela ria debochava de outro qualquer. E aquilo era o que mais me excitava, minhas bolas doíam quando eu a via sentada e a calça baixava, olhava bem na bundinha branquinha dela… reparei numa pintinha ali embaixo.

Passados alguns tempos, depois de algumas tentativas, finalmente consegui ser amigo dela, e ela até me oferecia coca-lcola durante o intervalo das aulas chatas de química ou inglês. mas eu precisava saber se ela era tão doce assim mesmo!!!

Um dia desses quando todos estavam saindo de suas salas e ela saiu correndo levantado a saia do vestido claro meio transparente, não pude resistir. Puxei ela disse que tinha que dizer algo importante de verdade. Ela ficou curiosa me seguiu, me segurou pelo braço.

quando estávamos debaixo da árvore atrás da escola, segurei seu queixo e beijei ela. Ela ficou meio assustada me olhou, deu aquele risinho debochado. Me agarrou de volta com outro beijo. Era doce mentolado, naquele dia. Talvez tivesse chupado mais pirulitos de menta. Nos agarramos por ali mesmo, enquanto todos os idiotas da escola ficavam trancafiados, eu segurava a bundinha gostosa dela. Era bem macia!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s